Aneel divulga reajuste na tarifa de energia para o Amazonas com redução de 5,91% na conta de energia
29 de outubro de 2019 Destaques,Notícias rodrigo.felix

Na manhã desta terça-feira (29), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), aprovou as tarifas de energia, dos consumidores atendidos pela Amazonas Energia, nos 62 municípios do Estado do Amazonas.  O efeito médio a ser percebido pelos consumidores de baixa tensão é de uma redução de 5,73%, sendo que, para os consumidores residenciais, a diminuição será de 5,91% e as novas tarifas entram em vigor a partir de 1º de novembro.

De acordo com a Aneel, o pagamento antecipado do empréstimo da Conta ACR, medida adotada pela Agência Reguladora na sua Agenda de Desoneração Tarifária, foi um dos principais motivos para a redução da tarifa para os consumidores do Estado do Amazonas. A quitação da conta ACR ocorreu em setembro passado, com antecipação de pagamento, após intensa negociação realizada pela ANEEL, Ministério de Minas e Energia e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em um movimento que retirou R$ 8,4 bilhões das contas de luz dos brasileiros até 2020.

Confira os índices que serão aplicados às contas de luz dos consumidores da Amazonas Energia:

Consumidores residenciais – B1: -5,91%

Baixa tensão: -5,73%

Alta Tensão (Industria): -6,40%

Efeito Médio para o consumidor: -5,96%

Conforme o Diretor-Presidente da Amazonas Energia, Tarcísio Rosa, a redução na tarifa de energia, homologada pela Agência Reguladora, resulta de um trabalho puramente técnico, capitaneado pela Aneel, que avaliou os custos da Distribuidora ao longo do ano para a próxima tarifa. A decisão da Aneel, foi baseada nos investimentos e custos com energia, entre outros itens.

De acordo com o Presidente, quando os custos reduzem, obrigatoriamente essa redução deve ser repassada para as tarifas dos clientes da Amazonas Energia. 

Além disso, o Diretor-Presidente afirmou que a distribuidora continuará trabalhando para que as tarifas de energia, do estado do Amazonas, não sejam mais impactadas pelas fraudes e furtos de energia. “O caminho é o combate às perdas de energia, que representa 35% de toda energia necessária ao suprimento do estado do Amazonas e, que os custos dessas irregularidades, fazem parte dos componentes que integram as tarifas, ou seja, toda a população, comércio, indústria pagam pela prática irregular de furto de energia”.

Por fim, acrescentou que “a Amazonas Energia está atuando, de forma intensa, para a redução das perdas, e, para isso, a empresa precisa contar com o apoio de toda a sociedade”.

Informações adicionais podem ser obtidas por meio do link:http://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa/-/asset_publisher/zXQREz8EVlZ6/content/id/19419418

Tags
Amazonas Energia S/A